Chakra Coronário (Sahastrar)

“O chakra de hoje é chakra coronário (Sahastrar): a meditação Samarpan é uma meditação completa. Existem vários métodos de meditação, mas eles levam a pessoa somente até o chakra frontal (Agya). Quando as pessoas atingem um estado sem pensamentos elas acham que isso é meditação, já que ninguém foi além disso. Há uma montanha chamada Girnar em Gujarat. Eu conheci uma senhora ascética lá que estava meditando há 14 anos. Fui encontrá-la; ela estava praticando o silêncio e escreveu perguntas para mim em uma lousa. Eu pedi-lhe para imaginar que há um lago e um cavalo entra lá e sai sem beber a água. Então nós continuamos com nossas discussões, e eu mais uma vez repeti a mesma cena. Ela me disse que ela não conseguia entender o que eu queria transmitir e então eu expliquei a ela – eu disse que o Guru dela havia me enviado até ela, se eu fosse embora e ela não recebesse a experiência espiritual, não havia nada que eu pudesse fazer sobre isso. Ela percebeu seu erro e pediu pela experiência. Quando ela recebeu a primeira experiência ela recebeu tamanhas vibrações que pensou que eu tivesse derramado água fria em cima dela. Ela já  havia alcançado o chakra frontal (Agya) mas ao receber a experiência espiritual de mim ela atingiu o chakra coronário (Sahastrar).

Um estado sem pensamentos não é meditação como as pessoas pensam, entra-se em estado meditativo a partir daí. Há uma diferença entre um foguete e um lançador de foguetes. Quando os pensamentos param, esse é o primeiro passo para a meditação Samarpan. No período de 45 dias a pessoa entra em meditação, sua existência torna-se nula, funde-se com Paramatma (Consciência Suprema) e recebe-se o escudo protetor. As pessoas obtém diferentes experiências na meditação – talvez o seu chacra cardíaco irá se desenvolver, e então a vida continuará como de costume até que esteja pronto para o próximo passo e, de repente, pode haver uma mudança. As pessoas começam a sentir o cheiro de rosas, mas assim que você começar a procurar a sua fonte, ele irá desaparecer porque ele é seu criado em seu coração e se você procurar, você vai perdê-lo. Quando você chegar ao chakra Sahastrar você vai sentir o perfume de sândalo, mas não o procure senão você vai perdê-lo. Você também terá essas experiências, talvez até mesmo antes da conclusão dos 45 dias. São seus karmas anteriores que o trouxeram até aqui.

Agarre-se em duas coisas na vida – tentar continuamente e trabalhar desinteressadamente. Não culpe os outros pelos seus problemas, eles são o resultado de desequilíbrio dentro de você. Permaneça sempre na companhia de pessoas equilibradas e você não vai perceber quando os seus problemas desaparecerem. Você foi trazido para um bom caminho para que você possa progredir e talvez os problemas foram feitos para isso. Isso acontece muitas vezes – problemas ajudam a corrigir a pessoa e levá-la para o seu progresso espiritual. Trate problemas como uma escada.  Vá junto com a coletividade e progresso ocorrerá.  Por exemplo uma carroça com quatro cavalos – se um cavalo é preguiçoso e recusa se mover os restantes três cavalos vão puxá-lo e arrastá-lo para o destino. Mas primeiro você deve estar conectado com os outros.”

– Satguru Shivkrupanand Swamiji

Extrato do discurso de 24 Abril de 2008, durante Shibir de 8 dias em Goa, Índia – Dia 8.

Discurso completo disponível em inglês aqui: http://samarpannews.org/08/May/index.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s